Igreja Nova

Vereador pede apoio para evitar problema no transporte escolar de Igreja Nova

Município faz vistoria em vans e ônibus de estudante

Alunos perdem benefício de transporte escolar em Traipu
Ilustração

Donos de veículos alugados para transportar estudantes da rede municipal de Igreja Nova não podem locar seus carros durantes os finais de semana e nem nos feriados.

A proibição foi comentada pelo vereador Názio da Silva, motorista e dono de ônibus locado pela prefeitura da cidade ribeinha.

Sem poder transportar grupos para feiras ou uma praia nos dias que não estão rodando com alunos e alunas, “a coisa fica meio pesada” para a categoria da qual faz parte, como disse o político da base do governo

Názio do Sapé, como é conhecido, pede que a proibição deixa de acontecer para que os transportadores possam voltar a completar a renda com fretes. Ele diz que há desistência de prestador do serviço feito por 26 complementares e os amarelinhos, carros que estão passando por vistoria do Detran.

A fiscalização é uma ação do Ministério Público junto com as prefeituras, ação aprovada pelo vereador, como ressaltou na Câmara, mas que gera mais custos para regularizar cada veículo locado por três mil reais por mês, rodando em média 20 dias, segundo informou na sessão desta semana.

Názio da Silva disse ainda que a estimativa para deixar um ônibus em condições de rodar é de R$ 3.200,00 e que somente ele já tinha gasto a quantia R$ 2.800,00. Hoje foi feita a vistoria em Igreja Nova e se não houver solução para as manobras particulares dos carros, pode faltar nas escolas em 2019.

Igreja Nova Názio transporte escolar

Comentários