e agora?

Vereador de Igreja Nova critica declaração de parlamentar penedense

Polêmica está relacionada com superintendência da Codevasf Alagoas

Vereador Genaldo Borges criticou Nelsinho Azevedo
Internet

O vereador Genaldo Borges criticou uma declaração que teria sido feita por colega parlamentar de outra cidade da região do Baixo São Francisco durante reunião com representantes de associações de moradores realizada no povoado Ipiranga, zona rural de Igreja Nova.

Morador da referida comunidade e vereador por Igreja Nova, Genaldo – ou Nado, como é conhecido – disse que Nelsinho Azevedo foi infeliz ao dizer que vereador de oposição não faz obra porque não quer, citando a si mesmo como exemplo da exceção à regra.

Vereador da bancada de oposição em Igreja Nova, Genaldo explicou a razão do trabalho do colega parlamentar penedense. “Ele fazia sim, às custas da Codevasf, porque o pai era o superintendente, aí ele pintava e bordava. E agora?”, questionou Nado com base na exoneração do advogado Antônio Nélson Oliveira – pai de Nelsinho – da companhia.

A crítica de Genaldo Borges aconteceu quando ele discursava na tribuna da Câmara de Igreja Nova nesta terça-feira, 23, cobrando soluções para os problemas do município ribeirinho.

Nado disse ainda que estava triste com a saída do ex-superintendente da Codevasf em Alagoas, frisando que Antônio Nélson fez um “belíssimo trabalho”, e que aproveitou a posse do novo indicado para o cargo (James Marlan Magalhães, ex-prefeito de Limoeiro de Anadia) para apresentar reivindicações, entre elas a entrega de um dos tratores que estão na sede da companhia, em Penedo, para a associação do povoado Ipiranga.

Codevasf Genaldo Borges Igreja Nova Nelsinho Oliveira

Comentários