Eleições 2018

Família Beltrão faz dois deputados estaduais com apoio do BSF

Região espera compromisso de campanha ser cumprido

Marcelo Beltrão foi eleito deputado estadual com 28.434 votos
Facebook

Dois membros da família Beltrão que disputavam vaga na Assembleia Legislativa Estadual não só conseguiram a eleição como também ampliaram sua influência na região do Baixo São Francisco.

Tanto Marcelo Beltrão quanto Yvan Beltrão foram bem votados em parte das cidades ribeirinhas, a começar por Piabauçu. O filho do prefeito de Coruripe obteve 1.881 votos, número igual a 22% dos votos válidos (9.572 votantes). Marcelo Beltrão levou 721 votos, número que disparou em Penedo, onde seu irmão Márcio é prefeito no terceiro mandato.

No município com maior colégio eleitoral do BSF (40.782 eleitores), o candidato apoiado pelo gestor penedense confirmou as pesquisas internas e foi o mais votado na cidade, obtendo 5.261 votos, número que supera o percentual de 20% dos 25.866 votos válidos informados pelo TRE Alagoas.

O candidato Yvan Beltrão conseguiu 901 votos em Penedo e entre os que conseguiram a eleição, ele ficou atrás apenas de Bruno Toledo (1.720 votos) em Penedo e também da recordista de votos para ALE em Alagoas, a deputada reeleita Jó Pereira (928 votos em Penedo).

Em Igreja Nova, os primos tiveram votação parelha, 560 para Marcelo e 502 para Yvan. Subindo o Rio São Francisco, em Porto Real do Colégio, Marcelo ficou com 214 e Yvan com 138. São Brás é mais distante ainda de Coruripe, município base eleitoral dos Beltrão, e com pouca influência da família que obteve menos de dez votos para cada membro do clã já tradicional na política alagoana.

Voltando em direção ao Litoral Sul, Marcelo saiu de Feliz Deserto com mais da metade dos votos válidos para deputado estadual (1.188), enquanto que Yvan registrou apenas 97.

Em Coruripe, os dois voltam a disparar na preferência do eleitorado, sendo que o filho de Joaquim Beltrão – prefeito de terceiro mandato – teve 37% dos votos válidos, ou seja, Yvan Beltrão conseguiu 9.414 votos. No geral, ele obteve 34.403 votos e ocupa na ALE a cadeira que seria de seu tio João Beltrão, um dos braços fortes da campanha que terminou com êxito.

Marcelo Beltrão foi eleito com 28.434 votos, sendo 4.214 votos registrados em Coruripe, onde foi vereador e secretário de Educação. Em suas caminhadas pelo Baixo São Francisco, ele se apresentava como candidato que pode representar a região que agora aguarda o compromisso ser cumprido.

baixo são francisco família Beltrão Marcelo Beltrão Yvan Beltrão

Comentários