Mozart Luna

Jornalista 

Collor é um dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional

POR: Redação
Senador Fernando Collor

O líder do bloco 'Moderador' no Senado, senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL), está, pela quarta vez, entre os 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional, segundo a lista divulgada pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) nesta quarta-feira (3). A seleção dos nomes dos parlamentares leva em consideração a real influência que cada legislador exerce nos processos decisórios das Casas e também sobre os demais colegas.

Collor vem pautando, com pronunciamentos e confecção de estudos, o debate sobre a importância de se manter as garantias trabalhistas, a retomada do crescimento do país, além de uma reação contra os projetos do ajuste fiscal. Os "Cabeças" do Congresso Nacional são, na definição do Diap, aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades.

Pelo levantamento, o senador Collor destaca-se pela habilidade de ''formador de opinião", sobretudo, em virtude dos pronunciamentos e articulações realizadas por ele para as votações ocorridas no plenário do Senado Federal. Collor e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), são os únicos alagoanos na lista, composta por 62 deputados e 38 senadores, entre eles o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), Ronaldo Caiado (DEM-GO), Aécio Neves (PSDB) e Paulo Paim (PT-RS)

Ainda segundo o Diap, os parlamentares 'formadores de opinião' são políticos experientes, com trânsito fácil entre as diversas correntes e segmentos representados no Congresso e visão abrangente dos problemas do País, cuja opinião sobre o assunto influencia fortemente a decisão dos demais parlamentares.

"(...) constituem a elite do Poder Legislativo, embora não precisem, necessária e institucionalmente, estar em postos-chave, como liderança formal ou presidência de uma das Casas do Congresso. São os que se pode chamar de líderes de alta patente, respeitados e legitimados pelo grupo ou corrente política que lideram", reforça o texto do Diap.

Sobre o Diap

O Diap é formado por cerca de 900 entidades sindicais de trabalhadores congregando centrais, confederações, federações, sindicatos e associações distribuídas em todos os estados do País, das quais 90 são de Brasília. A pesquisa do departamento inclui apenas os parlamentares que estavam no efetivo exercício do mandato no período de avaliação, correspondente aos meses de fevereiro a julho de 2016.  

Collor pertence ao chamado bloco moderador

Comentários