Mozart Luna

Jornalista 

Recursos federais

Arapiraca pode perder R$ 80 milhões destinados a obras

POR: Mozart Luna
Parque Ceci Cunha
7Segundos

A falta de recursos para investimentos é um problema que afeta a todos os segmentos públicos e privados no Brasil. As prefeituras tem sentido esse problema bem de perto principalmente com a falta de dinheiro para as chamadas contrapartidas para obras de infra-estrutura, como saneamento básico, pavimentação de ruas, investimentos tão necessários para também atrair empreendimentos com o objetivo de gerar emprego e renda.

O governo federal alocou para o município de Arapiraca recursos na ordem de R$ 80 milhões, para várias obras importantes, como saneamento básico de vários bairros, pavimentação de ruas, praça da juventude, revitalização do Parque Ceci Cunha e do Centro de Convenções, que deverá atrair para capital alagoana do Agreste a realização de vários eventos, que vão gerar muitos postos de trabalho e colocar o município na rota do turismo de eventos.

Os recursos já estão disponibilizados, mas o município só poderá de acesso, se oferecer a contrapartida. Sem dinheiro disponível, resta a prefeitura a venda de terrenos do município através de leilões públicos, para levantar a contrapartida exigida. Segundo a assessoria da Prefeitura serão leiloados 17 terrenos, o que representam apenas 5% das áreas públicas pertencente ao município. Além disso, a proposta não é novidade e já vem sendo usada próprio governo federal, que já vendeu várias áreas para viabilização de obras importantes.

Esses recursos federais, se não forem usado em tempo hábil, serão devolvidos aos cofres da União e direcionados a outras cidades.

Em Arapiraca a solução foi encaminhada para Câmara de Vereadores, que nesta segunda (25) realiza  às 10 horas, uma audiência Pública para analisar a proposta e encaminhar para plenária para votação dos vereadores, que na sua maioria entende que a ação do Poder Executivo é necessária que vai beneficiar a população arapiraquense.

Entretanto o projeto vem sofrendo ataques por parte da oposição, que aproveita o momento político para tirar atacar o governo municipal. A ação de venda de áreas públicas, através de leilões públicos é uma prática legal e se justifica pelos benefícios que trará para a coletividade. Vale lembrar que ações semelhantes já foram realizadas diversas vezes, como por exemplo, a doação do terreno para construção do Shopping, uma luta travada pelo empresário Adoniran Guerra, que conseguiu êxito. Hoje o Arapiraca Garden Shopping gera muitos empregos e movimenta a economia do município.

Diferentemente do caso do Shopping, que foi doado, a proposta do Executivo Municipal é vender as áreas através de leilões e assim conseguir os recursos necessários para a contrapartida de obras e garantir que os R$ 80 milhões retornem a União, ou seja, direcionados para outras cidades. Arapiraca não pode perder esses recursos.
 

Arapiraca federais leilão recursos terrenos

Comentários