Claudio Barbosa

Radialista, atua na rádio Novo Nordeste-AM. Repórter do programa Comando Geral e setorista do ASA.

Alternativas

Nova gerência do Já Estadual enfrenta desafios na questão estrutural

POR: Claudio Barbosa
Robério Athayde está na direção do Já Estadual
Reprodução

A Central de Atendimento ao Cidadão Já é de grande importância para a comunidade, porém, em Arapiraca, vem enfrentando problemas estruturais. Funcionando em um prédio alugado, situado à rua João Ribeiro Lima, na região central, tem problemas de estrutura que vão desde o desconforto para à população atendida e funcionários, passando pela falta de equipamentos nos órgãos que ali trabalham.

Citando como exemplos, computadores apresentam problemas frequentemente. E há, também, a carência de funcionários, a exemplo do que acontece no setor responsável pelas carteiras de identidade (RGs), um dos mais procurados. Há, também, a antiga reclamação referente a questão da distribuição de senhas.

Estive no local e conversei com o novo diretor, Robério de Lima Athayde. Delegado aposentado e, trabalhando atualmente como advogado, está acostumado com os desafios do serviço público. Desta vez, terá que trabalhar bastante junto ao Governo do Estado para que estas questões sejam solucionadas.

De acordo com Robério Athayde, já fez um levantamento das carências existentes no local e está  encaminhando para os órgãos competentes.

Faço aqui uma observação, apesar do conhecimento jurídico e à disposição para o trabalho, Robério Athayde deve encontrar uma outra barreira a ser vencida. Tudo passa por Maceió, desde um simples concerto a uma questão mais abrangente. Seria interessante uma descentralização, o que favoreceria não somente a quem administra o Já, mas garantiria mais celeridade nas providências a serem tomadas em favor daqueles que tanto precisam dos seus serviços.

Há uma informação que o Já Estadual deve mesmo ser transferido para o Shopping nos próximos dias. O assunto foi, inclusive, pauta de uma reunião entre o superintende do Arapiraca Garden Shopping, Fábio Sirkis, com o prefeito Rogério Teófilo.

Sendo concretizada a transferência, deve ser resolvida a questão de estrutura do prédio, porém, mantenho as ressalvas da necessidade de pessoal e a descentralização, possibilitando ao diretor do Já Estadual ter mais autonomia na resolução de questões emergenciais.

 

atendimento Cidadão Robério Athayde

Comentários