Bastidores

Blog focado em política.

Bastidores

Dr Márcio deve encerrar carreira política em Palmeira dos Índios

Vice-prefeito foi exonerado da pasta da saúde e vive em constante isolamento político

POR: Bastidores
Dr Márcio Henrique, vice-prefeito de Palmeira dos Índios
Reprodução

Parece que chegou ao fim a carreira política do renomado médico pneumologista, Márcio Henrique (Cidadania). Ex-vereador e atual vice-prefeito de Palmeira dos Índios, ele entrou em isolamento depois de ter sido exonerado do cargo de secretário municipal de Saúde pelo prefeito Júlio Cezar (PSB).

Desde que foi afastado da pasta da Saúde contra a própria vontade, ele se nega a falar com a imprensa. No último contato, quando questionado se deixaria a gestão por conta do mal-estar com o prefeito, ele se resumiu a dizer que “a objetividade de uma pergunta se desfaz na subjetividade do universo da mente humana”. 

Após isso, a única notícia que a população teve foi que o vice-prefeito foi diagnosticado com Covid-19, chegou a ser internado num hospital de Maceió, se recuperou e voltou pra casa. De lá para cá, Dr Márcio se afastou de todas as suas atividades políticas e não foi mais visto na cidade, principalmente ao lado do prefeito Júlio Cezar. 

A exoneração do cargo de secretário de Saúde provocou a ira de familiares, como, por exemplo, a desembargadora Elizabeth Carvalho, tia de Dr Márcio. A magistrada usou as redes sociais para fazer acusações e críticas ao prefeito Júlio Cezar e pediu que o sobrinho entregasse todos os cargos na gestão. 

Ele não atendeu a solicitação da família e, apesar de “desaparecido”, continua com diversos cargos na administração pública. Entre eles, duas importantes secretarias: Planejamento (Adalberon Sá) e Desenvolvimento Econômico e Turismo (Cléa Carvalho, irmã de Dr Márcio). 

Após dois meses da exoneração do cargo de secretário, o nome de Márcio Henrique apareceu recentemente como ordenador de despesas da pasta. Nos bastidores, comentam que foi uma estratégia do prefeito Júlio Cézar, que tramou o esquema para que seu vice-prefeito não possa disputar nenhum cargo político por descumprir a norma do TSE que estabelece prazo para desincompatibilização de cargos públicos. Júlio Cézar praticamente "enterrou" - politicamente - seu vice-prefeito. 

Diante dos últimos acontecimentos – considerados pela população humilhantes e constrangedores – há a expectativa de que Dr Márcio abandone a carreira política para se dedicar à medicina e a família.

bastidores Dr Marcio Palmeira dos Índios Política Vice-prefeito

Veja Também

Comentários