Bastidores

Blog focado em política.

Justiça

Desembargador afasta Léo Saturnino da presidência da câmara; Jario Barros assume

O magistrado  determina que seja cumprida a decisão dos vereadores em eleição realizado no dia 28 de dezembro

Vereador Léo Saturnino
Reprodução / Vídeo 7 Segundos

A novela envolvendo a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Arapiraca ganhou um novo capítulo na noite desta quinta-feira (07).

O desembargador Celyrio Adamastor Acioly decidiu afastar o vereador Léo Saturnino (MDB) da presidência e conduzir Jario Barros para comandar a casa pelo biênio 2019/2020.

No documento, o magistrado  determina que seja cumprida a decisão dos vereadores em eleição realizado no dia 28 de dezembro, que garantiu a Barros o comando da casa.

Em sua alegação, o desembargador fala no judiciário não interferir nas decisões do poder legislativo e que o processo eleitoral ocorreu dentro dos procedimentos legislativos.

Saturnino poderá recorrer da decisão em no máximo 15 dias. Enquanto isso, a Câmara Municipal de Arapiraca passará a ser presidida por Jario Barros

Entenda 

Em maio de 2017, por unanimidade, os 17 vereadores decidiram antecipar a eleição da Mesa Diretora e escolheram Léo Saturnino como presidente.

Porém, em dezembro do ano passado, uma sessão extraordinária foi realizada e aprovada a anulação da mesma.

No dia seguinte, uma votação foi feita e uma nova Mesa Diretora foi eleita, com Jario Barros sendo presidente.

A reviravolta ocorreu no dia 31 de dezembro, quando o juiz Elielson dos Santos Pereira atendeu o pedido de Saturnino, anulou a eleição de Jairo e determinou a posse imediata do vereador.

No primeiro dia do ano, a então presidente Graça Lisboa ainda tentou recorrer da decisão, mas o desembargador Otávio Praxedes, presidente do TJ e plantonista à época, negou o pedido, o que garantiu a posse de Saturnino.

Câmara Municipal Jário Barros Leo Saturnino Mesa Diretora TJ

Veja Também

Comentários