André Pepes

Graduado em Administração de Empresas pela Uneal, Radialista, Produtor e Âncora do Programa Saúde em Foco na Nova FM Arapiraca 103.3 exibido de segunda à sexta-feira as 9 da manhã.

Porque devemos cuidar da voz?

A importância da voz

POR: Redação, Web

Uma boa voz pode fazer a diferença em qualquer situação. Entretanto, pelo fato de achar o seu cuidado algo trivial, a maioria das pessoas não o faz como deveria, e como outras partes do corpo, ela também requer atenção.

E para aquelas pessoas que não entendem como a saúde da voz pode interferir na vida cotidiana, é importante ressaltar que não são apenas atores, professores, cantores, locutores ou profissionais de telemarketing que dependem da voz para trabalhar, pois, cerca de 70% da população ativa têm na voz o instrumento de trabalho mais exigido, mesmo que ela não seja o foco de suas tarefas.

Além disso, uma das principais causas de afastamento de professores na rede de ensino público está relacionada a problemas de voz. Especialistas calculam que até 30% da população apresentem algum tipo de lesão nas cordas vocais.

 Qual é a importância da voz?
 A voz é o principal meio no qual os homens se comunicam entre si. Tem grande importância social e resulta de características herdadas e do ambiente em que vivemos. Cada voz é única como nossas impressões digitais e podemos identificá-las pela forma com que a usamos, embora ela varie bastante de acordo com nossas emoções e com as pessoas com quem falamos.

 Como o corpo produz e emite a voz?
 A voz é produzida na laringe, que é um tubo que fica no pescoço. Dentro dele, temos duas dobras de músculos e mucosa, chamadas de “cordas vocais” (o nome correto é pregas vocais). Para produzir a voz, essas pregas vibram com a passagem do ar dos pulmões, como uma bexiga com a boca esticada liberando o ar. Esse som é transformado em fala pelos movimentos das estruturas como língua, boca, dentes e lábios

 O que pode prejudicar a voz?
 Entre os principais problemas que afetam a voz temos as doenças respiratórias (rinite, sinusite e alergias que dificultam a produção da voz e podem fazer com que forcemos ao falar), doenças gástricas (em especial a gastrite e o refluxo gastroesofágico podem ocasionar no ferimento das pregas vocais por causa do ácido envolvido na digestão). O consumo excessivo de cigarro e bebidas irritam a mucosa das pregas vocais e recomenda-se o uso controlado. Ainda, o consumo de refrigerante e alimentos condimentados não são indicados pois dificultam a digestão e podem gerar gases que comprimem um importante músculo utilizado na respiração, o diafragma.

 Quais os cuidados que devemos tomar para ter uma boa saúde vocal ?
 É essencial falar sem fazer força e abrir a boca para articular bem as palavras. Beber água aos poucos e ao longo do dia, evitar gritar, falar muito em ambientes ruidosos, competindo com o barulho e pigarrear. Limite o uso do álcool e, se fumar, procure um programa para interromper o tabagismo. Os Remédios caseiros para melhorar a voz geralmente não dão resultados e podem afetar sua garganta.

 Quais exercícios são necessários para melhorar a forma de falar?
 Os exercícios fonoaudiológicos servem para restabelecer diversas funções como articulação, ressonância, frequência (voz aguda/grave) e volume da voz. Como cada pessoa apresenta uma necessidade específica é necessário que se faça uma avaliação para levantamento das necessidades de cada pessoa e indicar os exercícios corretos.

 É verdade que todas as pessoas precisam ter um tratamento com fonoaudiólogo?
 A realização de terapia fonoaudiológica em voz é indicada em dois casos: pessoas que apresentam alguma alteração vocal para restabelecimento da qualidade vocal para uso em suas atividades diárias. Há ainda pessoas que realizam aperfeiçoamento vocal para que questões como oratória e expressividade sejam mais efetivos, como no caso de jornalistas, poíticos, religiosos, apresentadores etc. tornando a voz um poderoso instrumento ao tratar de negócios.

 Quais são os mitos e as verdades sobre a voz?
 Os principais mitos relacionam-se a mudanças no tipo de voz (alguns acreditam que isso ocorra somente na adolescência). Relacionar o uso constante da voz com rouquidão (como ocorre com os professores), achar que aulas de canto melhoram problemas de voz (cantar não é um exercício que ajude diretamente com problemas vocais) e que os tratamentos com voz são longos (a média de tempo varia entre três a seis meses). Há ainda alguns cantores que utilizam bebidas achando que elas melhoram a voz (na realidade elas anestesiam e fazem com que o cantor abuse da voz já debilitada).
Como verdades temos, que todas as pessoas podem sim cantar desde que em tom adequado e sem fazer imitações supervisionados. A voz sempre é mais grave pela manhã pois os músculos da laringe ainda estão se aquecendo.Ainda, a água e a maçã são famosas por fazer bem a voz pois hidratam e mantêm efeito adstringente, respectivamente.
 

#vozcuidados

Comentários