Alessandro Santos

Bacharel em Administração [CRA/AL:1-3229] pela Universidade Estadual de Alagoas - UNEAL e pós-graduando no MBA em Gestão de Projetos - Faculdade Estácio FAL - desenvolve estudos na área de Recursos Humanos, com foco na orientação vocacional de jovens e adultos, treinamento e desenvolvimento de pessoas.

04 perguntas estratégicas, em uma entrevista de emprego, que passam despercebidas

As entrevistas de emprego são sempre um desafio de autoconhecimento para os candidatos a uma vaga, diante de um recrutador, que questionará sua vida escolar, experiências profissionais, aprendizados e outras perguntas que podem passar despercebidas, anali

POR: Alessandro Santos, Adaptado das pesquisas de Lily Zhang, Pesquisadora e Especialista de Carreiras do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts - USA)
Fonte: pinterest.com/jobinterview

As entrevistas de emprego são sempre um desafio de autoconhecimento para os candidatos a uma vaga, diante de um recrutador, que questionará sua vida escolar, experiências profissionais, aprendizados e outras perguntas que podem passar despercebidas, analisando sua postura e escutando cada resposta com atenção, é comum sentir-se perdido.

Foi por isso que revolvi trazer nesse post alguns dados que são destacados pela Lily Zhang, pesquisadora e especialista de carreiras do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), nos Estados Unidos, a especialista separou algumas perguntas que previsivelmente podemos encontrar em uma entrevista.

Perguntas previsíveis, que podem ser despercebidas:

“Como você é?”

Para Lily “é uma das primeiras questões a serem feitas”. Aqui está uma pergunta que abre espaço para você ganhar a vaga, neste momento você tem a oportunidade de falar sobre você e revelar suas habilidades.

“Qual é seu maior defeito?”
O que o entrevistador quer saber é se você tem clareza sobre suas habilidades e se procura melhorar. Há uma tendência de usar isso a seu favor e transformar o defeito em uma qualidade (coisa do tipo “eu me cobro muito, mas é que eu sou muito perfeccionista”), é bom fugir desse tipo de discurso. Em vez de usar essa resposta, você pode falar de uma fraqueza de verdade e aproveitar a deixa para demonstrar os passos que você está dando para entender essa situação e resolvê-la.

“Já cometeu alguma falha?”
Nessa hora o entrevistador quer saber como você age quando surgem contratempos. A sacada aqui é demonstrar como você encara situações difíceis com ética e capacidade de resolução de conflitos, uma dica é pensar sobre situações que já aconteceram e refletir sobre como você agiu pra sair do rolo.

“O que você pretende fazer daqui cinco anos?”
Essa pergunta pode “mascarar” uma questão crucial para o entrevistador, por quanto tempo você pretende ficar aqui nessa empresa?. Então é a hora certa para expor sua vontade de conseguir a vaga. Conte sobre seu plano de carreira, e como deseja evoluir dentro da empresa, trazer suas ideias para resolver problemas, adquirir mais responsabilidades e encarar desafios.

Cadastre-se na lista VIP da Carreira Inteligente e aproveite as dicas e bônus para melhorar sua carreira e ser mais feliz com suas escolhas profissionais.

carreira emprego Negócios trabalho

Comentários